Textos


NAIR ESMERALDA ROSSI BAGGIO

NAIR ESMERALDA DE ROSSI BAGGIO 20.04.2014
Milton Jorge da Silva

Não é difícil lembrar,
As vezes que nos fez pensar.
Imaginavas pra nós, tanto amor,
Rezavas, toda noite com fervor.

Esperavas cada filho retornar,
Sem dormir, sem sossegar.
Mãe como é bom recordar,
Esse tempo que insiste em passar.
Rola no rosto uma lágrima,
Agradecendo a grandeza de sua alma.
Longe está de ser só saudades,
Demonstra gratidão, felicidade,
Amor de mãe é pra eternidade,

Resta a nós filhos agradecer,
O amor incondicional que brotou de você.
Sem encontrar palavra certa,
Sentimos a alma voar aberta,
Irradiando o amor que nos cerca.

Bondade divina foi te conhecer,
Aprender a amar com você.
Ganhar tanta força e dedicação,
Geração que brotou do coração,
Isto é o temos a lhes dizer,
O amor maior advém de você.
 
Milton Jorge da Silva Escritor
Enviado por Milton Jorge da Silva Escritor em 10/07/2019


Comentários


Imagem de cabeçalho: raneko/flickr